No que acreditamos

no-que-acreditamos

COMO ENFRENTAR GRANDES MUDANÇAS?

A UFSCar enfrentou um cenário de grandes mudanças nos últimos anos. O orçamento parainvestimento em novas obras caiu de R$27,8 milhões em 2016 para R$2,7 milhões em 2020 (fonte: Sistema SIOP), mas ainda assim a UFSCar construiu ainda mais do que nos anos anteriores, buscando alternativas de financiamento. Trocamos o papel pelo processo digital, e por isso a universidade não parou mesmo em período de isolamento social. Consultamos a Comunidade e implantamos o voto online, e é exatamente isso que está nos possibilitando votar agora. Enfrentamos mudanças no quadro político do país, a já citada redução no orçamento, e alterações drásticas no dia a dia das pessoas. A UFSCar adaptou-se, enfrentou e sobreviveu a todas essas mudanças.

Porém nos próximos anos a UFSCar precisará enfrentar mudanças ainda maiores. Como serão as aulas? Como será a pesquisa? Como será o trabalho? A Universidade terá que ser repensada em cada um de seus aspectos e pormenores. Venceremos a pandemia, mas mesmo após esse período, a velocidade das mudanças sociais e tecnológicas continuará clamando por novas adaptações no dia a dia da Universidade.

Como enfrentar grandes mudanças? É preciso ouvir a Comunidade e tomar as decisões juntos. Será preciso ainda mais diálogo e conciliação. É um momento de abertura para a criatividade, inovação, disposição ao crescimento. Capacidade de trabalho, agilidade; pessoas preparadas para inovar, dialogar, conciliar, inspirar, liderar a UFSCar e liderar a sociedade em momento de grandes mudanças. Mas sempre defendendo a ciência, as artes e a tecnologia como pilares desta Universidade, visando ao desenvolvimento econômico e à justiça social, com a preservação do caráter público e gratuito do ensino, do amplo acesso e da inclusão.


Qual equipe irá liderar a UFSCar nesse momento de grandes mudanças? Qual o perfil ideal para a equipe? Experiência? Capacidade de trabalho? Mente aberta para inovar? Capacidade de diálogo? Capacidade de mobilizar, inspirar e unir?


Nas páginas que se seguem mostraremos, em diversas áreas, avanços significativos que tivemos nos últimos anos, desafios a enfrentar, propostas, e como pretendemos preparar a Universidade para grandes mudanças.


Caberá a você escolher quem irá liderar a UFSCar em seu momento de maiores mudanças. Nosso convite para você é: vamos dialogar, vamos inovar, vamos mudar juntos, crescer juntos, vamos CONSTRUIR JUNT@S!

VALORES E COMPROMISSOS PERMANENTES

1. Democracia - valorização das instituições e participação de toda a comunidade universitária nas decisões.


2. Transparência - a comunidade precisa ter acesso às informações com facilidade.


3. Independência partidária e ideológica - na universidade deve prevalecer a pluralidade de pensamento, o que vai além que qualquer viés político ou ideológico específico.


4. Diversidade, respeito e construção colaborativos - a universidade é composta por pessoas com formações diferentes, bagagens culturais diferentes, visões de mundo diferentes, vocações diferentes, e é isso que torna o ambiente universitário fascinante, dado que a convivência seja respeitosa e colaborativa.


5. Absoluto respeito à legislação e à ética - a comunidade deve atuar dentro da legalidade, ética e respeito ao interesse coletivo.


6. Equipe de gestão como servidora da comunidade - o objetivo primordial é servir a comunidade, no cumprimento dos seus objetivos acadêmicos, profissionais e sociais, buscando ainda a melhor qualidade de vida para todas as pessoas.


7. Transformar a sociedade nos aspectos científico, tecnológico, econômico, humano, social, ambiental, político e ético - a universidade deve ser um agente transformador da sociedade.


8. Referência global de excelência, na gestão, na produção de conhecimento, no avanço tecnológico, na geração de produtos, na geração de desenvolvimento, em transformação humana e social – a missão da Universidade deve ser cumprida no contexto nacional e internacional.


9. Defesa da autonomia, do caráter público, gratuito, inclusivo e socialmente referenciado da Universidade - a Comunidade Universitária ter a percepção de que estas são conquistas consolidadas e inegociáveis.