Home Propostas Unidades de informação

Unidades de informação

por Construir Juntos

As unidades de informação da UFSCar são gerenciadas pelo SiBi – Sistema Integrado de Bibliotecas que compreende as 4 bibliotecas dos campi, a Gráfica, a EdUFSCar e a Unidade Multidisciplinar de Memória e Arquivo Histórico (UMMA) e dá apoio ao repositório institucional UFSCar

Principais Avanços

  • Atuação multicampi, ampliando a sinergia entre as unidades e suas equipes;
  • Transformação dos espaços bibliotecas em um espaços de conversação, convivência e acolhimento, com aumento na frequencia nas bibliotecas do SIBi, mais de 600.000 pessoas por ano, sendo na BCo passou de uma frequência de 600 para 2.600 usuários por dia, chegando a um pico de 5.200 usuários no evento Universidade aberta;
  • Foi dada maior consistência no cadastro de usuários – foram eliminados 50.000 cadastros de usuários que apresentavam inconsistências (registros duplicados, inativos, etc) e atualmente dos aproximadamente 30 000 usuários, tem-se 11.000 usuários que utilizam o serviço de empréstimo das bibliotecas do sistema;
  • Valorização das equipes – incentivando a participação nos principais eventos da área de informação e a formação ao nível de mestrado e doutorado (aproximadamente 40% dos bibliotecários ingressram ou concluiram a formação);
  • Ampliação significativa dos recursos financeiros investidos na manutenção da infraestrutura das unidades do SIBi – foram investidos anualmente aproximadamente 250.000,00 somente na manutenção do SIBi. Sem computar os recursos FINEP, que somaram aproximadamente R$ 1.100,000,00 e os recursos investidos na rede WIFI;
  • Foi feito remanejamento do acervo da BCo, com critérios, que resultou na disponibilidade de 612,5 m2, para o uso coletivo do espaço pelos usuários
  • Criação da Divisão de Tecnologia – responsável por apontar estratégias e soluções relacionadas às questões técnicas e de gestão – resultando em uma economia significativa com contratos de serviços de informática com terceiros;
  • Aquisição descentralizada de acervos – A Biblioteca de Lagoa do Sino teve autonomia total para a seleção e aquisição do acervo;
  • Implementação de melhorias na comunicação institucional, envolvendo a atualização do site e a padronização da comunicação visual;
  • Atuação na divulgação científica, visando a apropriação da ciência e tecnologia pela sociedade, através de eventos culturais;
  • Consolidação como referência nacional na implantação de Repositórios Institucionais e de Dados de Pesquisa, contribuindo para a visibilidade e preservação da produção intelectual da comunidade UFSCar;
  • Atuação no desenvolvimento de competências informacionais, através de cursos EAD e presenciais;
  • Implantação da STARTECA – espaço para apoio e incentivo ao empreendedorismo e inovação;
  • Incorporação da Gráfica UFSCar – realizando publicações de baixa complexidade, a manutenção e digitalização dos acervos das bibliotecas e de processos administrativos;
  • Incorporação do Portal de Periódicos, da Comissão Permanente de Publicações Oficiais e Institucionais (CPOI) e da Editora da UFSCar (EdUFSCar), ampliando a sinergia dos processos de comunicação científica, envolvendo a publicação de artigos científicos e livros acadêmicos;
  • Formação do Conselho Editorial da EdUFSCar com oito docentes representantes dos 04 campi UFSCar;
  • Implementação de editais, visando maior transparência e visibilidade da atuação multicampi da EdUFSCar – recorde na submissão de originais pela comunidade UFSCar – primeiro semestre de 2020 foram submetidos mais de 70 originais;
  • Ampliação da presença da UFSCar na Plataforma SCIELO com e-books EdUFSCar – foram incorporados mais 11 títulos na plataforma;;
  • Fortalecimento da marca UFSCar, através de estratégias de marketing digital, envolvendo estudos métricos na identificação de potenciais leitores. E ainda, a comercialização de produtos com a marca UFSCar pela EdUFSCar;
  • Ampliação do número de Feiras do Livro e de parcerias com outras editoras universitárias e comerciais – Atualmente são realizadas anualmente 10 feiras de grande porte e temos parcerias com mais de 50 editoras comerciais;
  • Automação dos processos administrativos e de distribuição de livros, que viabilizou a realização dos inventários do acervo e fiscal da EdUFSCar.

Principais Propostas

  • Manter os investimentos financeiros, necessários à manutenção adequada da infraestrutura do SIBi;
  • Promover a completude das equipes de trabalho, em especial nas bibliotecas, visando a manutenção do horário de atendimento ao público;
  • Fomentar o desenvolvimento dos servidores;
  • Ampliar a aproximação dos docentes com as bibliotecas, através da participação nos conselhos das bibliotecas e dos núcleos estruturantes dos cursos;
  • Ampliar o uso da EAD no desenvolvimento de competências informacionais, necessárias à comunidade UFSCar no acesso e uso da informação científica e tecnológica;
  • Ampliar a aquisição de acervos digitais;
  • Realizar a aquisição de ferramentas anti plágio;
  • Construir o prédio da biblioteca de Lagoa do Sino, como um espaço coletivo de múltiplos usos;
  • Readequar os espaços das bibliotecas, visando incentivar a permanência da comunidade acadêmica nesses espaços;
  • Oferecer serviços bibliométricos de apoio às iniciativas de pesquisa da comunidade UFSCar;
  • Povoar o Repositório Institucional com toda a produção intelectual da UFSCar, registrada na Plataforma Lattes;
  • Readequar as instalações da UMMA, ampliando a sua atuação e visibilidade;
  • Preservar o patrimônio cultural da universidade;
  • Fortalecer atividades culturais nos espaços das bibliotecas;
  • Implantar soluções computacionais de acesso aberto para a atuação da CPOI e da EdUFSCar, envolvendo a submissão de originais e a sua publicação no formato livro (papel ou digital);
  • Ampliar a atuação das bibliotecas na distribuição de livros e produtos EdUFSCar;
  • Oferecer cursos de extensão de revisão e editoração com a marca EdUFSCar;
  • Ampliar a publicação de livros digitais de acesso aberto e privado, pela CPOI e EdUFSCar;
  • Ampliar o investimento em estratégias de e-commerce, para a distribuição dos livros EdUFSCar.
  • Criar uma Unidade de inteligência acadêmica, visando apoiar a tomada de decisões complexas e estratégicas, relacionadas à atuação institucional da UFSCar com a integração das diversas informações da UFSCar.

 Visão de Futuro

Pautar o desenvolvimento científico, tecnológico e social, com produtos e serviços de informação, através de uma atuação ativa e empreendedora, envolvendo a comunidade acadêmica UFSCar e a sociedade.

Cronograma

Atividades – ações

2020

2021

2022

2023

2024

Ampliar a oferta de Cursos de extensão na modalidade EAD – acesso e uso da informação científica e tecnológica

X

X

X

X

X

Apoiar a oferta de ACIEP na modalidade EAD – acesso e uso da informação científica e tecnológica  

X

X

X

X

Aquisição de acervos digitais  

X

     
Aquisição de ferramentas anti plágio  

X

     
Lançamento da Base de dados Referencial – produção intelectual da UFSCar

X

       
Povoamento do Repositório Institucional – texto completo  

X

X

X

X

Oferta de estudos métricos – bibliometria  

X

X

X

X

Readequar espaços das bibliotecas

X

X

X

   
Implantar soluções computacionais de acesso aberto na atuação da CPOI e da EdUFSCar  

X

     
Organização e realização das Feiras do Livro – pelas bibliotecas  

X

X

X

X

Oferta de Cursos na modalidade EAD – Revisão e Editoração com a marca EdUFSCar  

X

X

X

X

Criar a STARTECA nas bibliotecas de Araras, Sorocaba e Lagoa do Sino  

X

X

X

X

Criar o Ponto UFSCar (Loja) nos campi Araras, Sorocaba e Lagoa do Sino  

X

X

X

X

Buscar recursos para a construção do prédio da Biblioteca de lagoa do Sino

X

X

     
Construir o prédio da Biblioteca de lagoa do Sino    

X

X

X

Implantar a unidade de inteligência acadêmica  

X

     

A maior conquista da gestão do Sibi foi construir, de forma coletiva, a sua missão – Apoiar o desenvolvimento do projeto institucional da UFSCar, desenvolvendo competências informacionais, elaborando e analisando indicadores de produção científica e tecnológica, oferecendo serviços de informação e espaços democráticos de acesso à cultura e lazer, transformando as bibliotecas universitárias em espaços de conversação e acolhimento, maximizando a interação, colaboração, compartilhamento de conhecimentos e ampliando o sentimento de comunidade e a aproximação da universidade com a sociedade.

Informações complementares

  • Entrevistas – STARTECA: https://www.facebook.com/tvufscar/videos/2151224351850239
  • Programa Como Será – Sandra Annenberg: https://globoplay.globo.com/v/7399666/?fbclid=IwAR2_ukhWGavQ_plAwIMt30ARMEiMQFoIR86IMpnoC44DtkYZL9xxfSBDh3Y

Leia também